O Sd.Kfz. 181 Panzerkampfwagen VI Ausf. E Tiger I foi um tanque pesado da Segunda Guerra Mundial, desenvolvido pela Alemanha Nazi.

O conceito do tanque Tiger I tem a sua origem em 1937, quando se fizeram estudos sobre tanques mais pesados que os Panzer III e Panzer IV. Esses planos ficaram congelados até que em 1940 foram analisados os tanques pesados franceses Char B1 capturados durante a invasão da França, tendo-se decidido reativar o programa de tanque pesado alemão.

Ocorreram vários reveses no processo de escolha dos modelos apresentados, o VK4501(P) da Porsche e o VK4501(H) da Henschel. Foram construídos protótipos dos dois tanques e o modelo da Henschel foi considerado mais simples de fabricar, tendo sido colocada uma encomenda para 1.300 unidades.

A especificação exigia que o tanque tivesse capacidade para passagem de rios com profundidade até 4 metros e por isso os primeiros 495 veículos tinham essa capacidade, a qual deixou de ser incluída para aumentar o ritmo de produção.

Suas principais vantagens estavam na potência do canhão de 88 milímetros, capaz de destruir qualquer carro de combate da época, e na sua blindagem a qual suportava impactos de diversos tipos de canhões de alto calibre.

Sobre o kit

Seguindo a tradição e qualidade da marca, mais uma vez aqui a Italeri apresenta um kit não só muito detalhado como também muito bem acabado e produzido. Peças com pouquíssimas rebarbas, encaixes precisos, detalhes em baixo e alto relevo, acompanhado de uma folha de photo-etched para incrementar a montagem e o acabamento.

Tiger I "Hybrid" Sd.Kfz. 181 Panzer Kpfw. VI - Italeri - 1:35
R$189,00
Quantidade
Tiger I "Hybrid" Sd.Kfz. 181 Panzer Kpfw. VI - Italeri - 1:35 R$189,00

Conheça nossas opções de frete

O Sd.Kfz. 181 Panzerkampfwagen VI Ausf. E Tiger I foi um tanque pesado da Segunda Guerra Mundial, desenvolvido pela Alemanha Nazi.

O conceito do tanque Tiger I tem a sua origem em 1937, quando se fizeram estudos sobre tanques mais pesados que os Panzer III e Panzer IV. Esses planos ficaram congelados até que em 1940 foram analisados os tanques pesados franceses Char B1 capturados durante a invasão da França, tendo-se decidido reativar o programa de tanque pesado alemão.

Ocorreram vários reveses no processo de escolha dos modelos apresentados, o VK4501(P) da Porsche e o VK4501(H) da Henschel. Foram construídos protótipos dos dois tanques e o modelo da Henschel foi considerado mais simples de fabricar, tendo sido colocada uma encomenda para 1.300 unidades.

A especificação exigia que o tanque tivesse capacidade para passagem de rios com profundidade até 4 metros e por isso os primeiros 495 veículos tinham essa capacidade, a qual deixou de ser incluída para aumentar o ritmo de produção.

Suas principais vantagens estavam na potência do canhão de 88 milímetros, capaz de destruir qualquer carro de combate da época, e na sua blindagem a qual suportava impactos de diversos tipos de canhões de alto calibre.

Sobre o kit

Seguindo a tradição e qualidade da marca, mais uma vez aqui a Italeri apresenta um kit não só muito detalhado como também muito bem acabado e produzido. Peças com pouquíssimas rebarbas, encaixes precisos, detalhes em baixo e alto relevo, acompanhado de uma folha de photo-etched para incrementar a montagem e o acabamento.