O AMX A-1, ou simplesmente AMX, é um avião de ataque ar-superfície usado para missões de interdição, apoio aéreo aproximado e reconhecimento aéreo. Foi desenvolvido pelo consórcio internacional AMX Internacional. Na Força Aérea Brasileira, ele é designado A-1 (A-1A para a versão monoplace e A-1B para a versão de dois lugares). Com a modernização o A-1 passa a incorporar o M em sua designação na FAB, tornando-se então A-1M. Na Itália, ele tem o apelido de "Ghibli".

O AMX é capaz de operar em velocidades subsônicas a baixa altitude, tanto de dia quanto de noite, e se necessário, a partir de bases pouco equipadas ou com pistas danificadas. A auto-defesa é proporcionada por mísseis ar-ar, canhões integrados e sistemas de contramedidas eletrônicas.

O batismo de fogo dos AMX ocorreu nos esquadrões italianos, que voaram 252 missões de combate sobre o Kosovo em 1999 sem nenhuma aeronave perdida.

Em 2011, três aeronaves da base italiana de Trapani, na Sicilia, totalizaram 500 horas de voo em missões na Líbia, entre os meses de abril e outubro, a serviço da OTAN. Em 2012, operavam no Afeganistão executando uma série de missões de todo tipo naquele cenário.

(http://www.aereo.jor.br/2012/10/31/mais-informacoes-sobre-a-operacao-dos-amx-no-afeganistao/)

 

Sobre o kit

Um dos poucos kits disponíveis no mercado do AMX A-1A, a Hobby Boss fez um excelente trabalho ao reproduzir esse incrível avião. Amplamente detalhado, com farto número de peças que possibilitam as mais diversas formas de montagem desse avião (em voo, estacionado, em preparação de decolagem ou mesmo em pouso), esse é, de certo, um dos kits mais queridos pelo plastimodelista por ter um modelo tão polivalente e ao mesmo tempo acessível. Acompanha decais para a FAB.

Atenção! Kit para montagem, imagens meramente ilustrativas.

A-1 A AMX - Hobby Boss - 1:48
R$220,00
Quantidade
A-1 A AMX - Hobby Boss - 1:48 R$220,00

Conheça nossas opções de frete

O AMX A-1, ou simplesmente AMX, é um avião de ataque ar-superfície usado para missões de interdição, apoio aéreo aproximado e reconhecimento aéreo. Foi desenvolvido pelo consórcio internacional AMX Internacional. Na Força Aérea Brasileira, ele é designado A-1 (A-1A para a versão monoplace e A-1B para a versão de dois lugares). Com a modernização o A-1 passa a incorporar o M em sua designação na FAB, tornando-se então A-1M. Na Itália, ele tem o apelido de "Ghibli".

O AMX é capaz de operar em velocidades subsônicas a baixa altitude, tanto de dia quanto de noite, e se necessário, a partir de bases pouco equipadas ou com pistas danificadas. A auto-defesa é proporcionada por mísseis ar-ar, canhões integrados e sistemas de contramedidas eletrônicas.

O batismo de fogo dos AMX ocorreu nos esquadrões italianos, que voaram 252 missões de combate sobre o Kosovo em 1999 sem nenhuma aeronave perdida.

Em 2011, três aeronaves da base italiana de Trapani, na Sicilia, totalizaram 500 horas de voo em missões na Líbia, entre os meses de abril e outubro, a serviço da OTAN. Em 2012, operavam no Afeganistão executando uma série de missões de todo tipo naquele cenário.

(http://www.aereo.jor.br/2012/10/31/mais-informacoes-sobre-a-operacao-dos-amx-no-afeganistao/)

 

Sobre o kit

Um dos poucos kits disponíveis no mercado do AMX A-1A, a Hobby Boss fez um excelente trabalho ao reproduzir esse incrível avião. Amplamente detalhado, com farto número de peças que possibilitam as mais diversas formas de montagem desse avião (em voo, estacionado, em preparação de decolagem ou mesmo em pouso), esse é, de certo, um dos kits mais queridos pelo plastimodelista por ter um modelo tão polivalente e ao mesmo tempo acessível. Acompanha decais para a FAB.

Atenção! Kit para montagem, imagens meramente ilustrativas.