O Messerschmitt Bf 109, por muitas vezes referido de Me 109, foi um caça multifunções alemão projetado por Willy Messerschmitt e por Robert Lusser durante a década de 1930. A designação "Bf 109" foi emitida pelo Ministério da Aviação do Reich e representa a empresa de desenvolvimento Bayerische Flugzeugwerke (em que o engenheiro Willy Messerschmitt posteriormente se tornaria dono e por conseguinte mudaria o nome da empresa para Messerschmitt).

Foi um dos primeiros caças verdadeiramente modernos, incluindo características como a fuselagem toda de metal, cabine de voo fechada e trem de aterragem retráctil, sendo alimentado por um motor V12 invertido com refrigeração líquida.

O Bf 109 viu pela primeira vez o serviço operacional durante a Guerra Civil Espanhola e continuou em serviço no alvorecer da era dos jatos, no fim da Segunda Guerra Mundial, durante a qual foi a espinha dorsal da força de combate da Luftwaffe, sendo a partir de 1941 constantemente complementado com o Focke-Wulf Fw 190. Após a guerra, continuou a prestar serviço pelas forças aéreas espanhola, israelita, checoslovaca, iugoslava e suíça.

Originalmente concebido para ser um interceptador, os modelos posteriores foram desenvolvidos para cumprir quase todas as tarefas imagináveis, servindo como caça de escolta para bombardeiros, caça-bombardeiro, caça de uso noturno e diurno, caça para qualquer condição meteorológica, ataque ar-solo e como aeronave de reconhecimento. Graças a esta versatilidade e desempenho, o BF 109 foi o caça mais produzido da história, com um total de 34.984 aeronaves produzidas. Foi o avião preferido do maior ás da aviação da história do combate aéreo, Erich Hartmann, com 352 vitórias confirmadas durante a guerra.

Messerchmitt BF 109 G6 - Italeri - 1:72
R$49,00
Quantidade
Messerchmitt BF 109 G6 - Italeri - 1:72 R$49,00

Conheça nossas opções de frete

O Messerschmitt Bf 109, por muitas vezes referido de Me 109, foi um caça multifunções alemão projetado por Willy Messerschmitt e por Robert Lusser durante a década de 1930. A designação "Bf 109" foi emitida pelo Ministério da Aviação do Reich e representa a empresa de desenvolvimento Bayerische Flugzeugwerke (em que o engenheiro Willy Messerschmitt posteriormente se tornaria dono e por conseguinte mudaria o nome da empresa para Messerschmitt).

Foi um dos primeiros caças verdadeiramente modernos, incluindo características como a fuselagem toda de metal, cabine de voo fechada e trem de aterragem retráctil, sendo alimentado por um motor V12 invertido com refrigeração líquida.

O Bf 109 viu pela primeira vez o serviço operacional durante a Guerra Civil Espanhola e continuou em serviço no alvorecer da era dos jatos, no fim da Segunda Guerra Mundial, durante a qual foi a espinha dorsal da força de combate da Luftwaffe, sendo a partir de 1941 constantemente complementado com o Focke-Wulf Fw 190. Após a guerra, continuou a prestar serviço pelas forças aéreas espanhola, israelita, checoslovaca, iugoslava e suíça.

Originalmente concebido para ser um interceptador, os modelos posteriores foram desenvolvidos para cumprir quase todas as tarefas imagináveis, servindo como caça de escolta para bombardeiros, caça-bombardeiro, caça de uso noturno e diurno, caça para qualquer condição meteorológica, ataque ar-solo e como aeronave de reconhecimento. Graças a esta versatilidade e desempenho, o BF 109 foi o caça mais produzido da história, com um total de 34.984 aeronaves produzidas. Foi o avião preferido do maior ás da aviação da história do combate aéreo, Erich Hartmann, com 352 vitórias confirmadas durante a guerra.