O Dewoitine D.520 foi um caça monomotor utilizado pela França durante a Segunda Guerra Mundial. Alguns anos antes da Segunda Guerra a força aérea francesa estava equipada com aeronaves obsoletas, tanto a nível de reconhecimento e bombardeamento como de caças. O Morane Saulnier MS.406 e o P-36 Hawk (comprados dos Estados Unidos para compensar a cadência de produção dos fabricantes franceses) formavam as principais unidades de combate, porém possuíam performances muito inferiores às do Messerschmitt Bf-109 da Luftwaffe.

A esperança residia num caça, o Dewoitine D-520, o último modelo de uma série de caças criados por Émile Dewoitine. O protótipo levantou voo em setembro de 1938 nas mãos de Marcel Doret, piloto de testes do fabricante e campeão de acrobacias aéreas. Depois de alguns melhoramentos, surge a encomenda de vários milhares de exemplares para o estado-maior francês.

Caça exemplar da Força aérea francesa (Armee de L`Air) em Junho de 1940, o D-520, motorizado com apenas 800 cavalos, não teve tempo de prosseguir o seu desenvolvimento como os Spitfire ou os Bf-109, que duplicaram a potência em alguns anos. Após a rendição serviram na Força aérea de Vichy. Alguns serviram pela França Livre, atacando os nazis em retirada. Também foram usados pela Hungria, Roménia e Itália (Reggia Aeronautica).

 

Sobre o kit

Incrivelmente detalhado para sua escala e de montagem super simples e prática, é um excelente kit para modelistas de todos os níveis, sendo muito indicado para os iniciantes já que é de fácil montagem. De molde novo, a Hobby Boss caprichou nesse pequeno modelo, com peças muito bem injetadas e reproduzidas do D.520.

Atenção! Kit para montagem, imagens meramente ilustrativas.

D. 520 French Fighter - Hobby Boss - 1:72
R$50,00
Esgotado
D. 520 French Fighter - Hobby Boss - 1:72 R$50,00

O Dewoitine D.520 foi um caça monomotor utilizado pela França durante a Segunda Guerra Mundial. Alguns anos antes da Segunda Guerra a força aérea francesa estava equipada com aeronaves obsoletas, tanto a nível de reconhecimento e bombardeamento como de caças. O Morane Saulnier MS.406 e o P-36 Hawk (comprados dos Estados Unidos para compensar a cadência de produção dos fabricantes franceses) formavam as principais unidades de combate, porém possuíam performances muito inferiores às do Messerschmitt Bf-109 da Luftwaffe.

A esperança residia num caça, o Dewoitine D-520, o último modelo de uma série de caças criados por Émile Dewoitine. O protótipo levantou voo em setembro de 1938 nas mãos de Marcel Doret, piloto de testes do fabricante e campeão de acrobacias aéreas. Depois de alguns melhoramentos, surge a encomenda de vários milhares de exemplares para o estado-maior francês.

Caça exemplar da Força aérea francesa (Armee de L`Air) em Junho de 1940, o D-520, motorizado com apenas 800 cavalos, não teve tempo de prosseguir o seu desenvolvimento como os Spitfire ou os Bf-109, que duplicaram a potência em alguns anos. Após a rendição serviram na Força aérea de Vichy. Alguns serviram pela França Livre, atacando os nazis em retirada. Também foram usados pela Hungria, Roménia e Itália (Reggia Aeronautica).

 

Sobre o kit

Incrivelmente detalhado para sua escala e de montagem super simples e prática, é um excelente kit para modelistas de todos os níveis, sendo muito indicado para os iniciantes já que é de fácil montagem. De molde novo, a Hobby Boss caprichou nesse pequeno modelo, com peças muito bem injetadas e reproduzidas do D.520.

Atenção! Kit para montagem, imagens meramente ilustrativas.